Esta dica é mais dedicada para os programadores, mas apesar de não seres programador pode sempre dar-te jeito um destes editores de texto. Talvez a ferramenta mais usada pelos programadores é um editor de texto, uma vez que alguns destes contam com algumas funcionalidades, sendo uma delas a integração com FTP.

Estas dicas consistem em reunir os melhores editores de texto para todos os utilizadores.

Sublime Text

O primeiro editor de texto e compatível com varias plataformas, Windows, Mac e Linux. Um editor que para além de um design simples, oferece recursos fantásticos como o preenchimento automático, seleção múltipla, entre muitos outros recursos. A interface ainda pode ser modificada conforme o gosto do utilizador.

Talvez um dos melhores recursos deste editor é a possibilidade de facilmente escrever a mesma coisa em vários locais. O Sublime Text foi escrito em C++

ATOM

O segundo editor de texto é o popular editor que encontramos no site Github, sendo também um dos mais apreciados pelos programadores devido às suas funcionalidades. O ATOM permite aos seus utilizadores acederem a semântica de varias linguagens de programação, e como é claro a integração com o Git e com o Github.

Este editor de texto possui vários temas deixando a escolha ao critério do utilizador, permite ainda o acesso à comunidade que está a desenvolver e a criar módulos e extensões para este software. O ATOM foi escrito em HTML e JavaScript, sendo a interface personalizável via CSS.

Notepad ++

Mais um poderoso editor de texto, o Notepad++, este dedicado a utilizadores que trabalhem com texto digital, contendo enumeras funcionalidades que ajudam a facilitar a vida do utilizador.

Um grande ponto forte deste software é ser bastante leve, reconhecendo ainda cerca de 40 linguagens de programação, como HTML, C, C++, XML, JAVA, SQL, Python, CSS, entre outras, se as fosse a escrever todas nunca mais sairia daqui, sendo bastante recomendado para programadores.

Light Table

Agora encontramos um editor de texto moderno e ao mesmo tempo inovador. O Ligh Table é facilmente personalizável, sendo possível embeber gráficos e ver o resultado de um código no mesmo minuto. Se és um programador que gosta de um programa com um design interessante, então esta é a tua escolha.

Bluefish

És webdesigner, então este editor de texto é dedicado para ti, sendo recomendado também para programadores, o Bluefish, permite o desenvolvimento em HTML, XHTML, CSS, XML, PHP, C, JavaScript, Java, SQL, Phyton entre outra grande quantidade de linguagens de programação.

Quando lançado em 1997, tinha como objetivo facilitar a vida no desenvolvimento web a utilizadores que usassem o Linux.

Brackets

O substituto do Gedit, este que era um editor de texto que possuía interface gráfica, o Brackets é um editor de texto bastante leve, e que pode ser facilmente tornado complexo, usando as extensões que estão disponíveis para este editor de texto.

VIM

O VIM é utilizador que ao inicio troca as ideias a todos os utilizadores, este é um dos editores de texto do GNU/Linux, contento fantásticas funcionalidades, mas com um design não muito interessante, mas é muito utilizado pelos programadores na área de Linux.

Emacs

E que tal um editor de texto que é um autentico “All-in-One”, o Emacs para além de personalizável é bastante extensível, sendo usado tanto por programadores, como analistas e até mesmo por escritores. A versão actual deste software foi escrita em 1984, continuando a ser desenvolvida.

UltraEdit

O UltraEdit é um editor de texto muito semelhante ao Sublime Text, sendo um editor bastante completo contando com enumeras funcionalidades. Sendo possível personalizar e sendo mesmo possível configurar ligações FTP, SSH e Telnet.

ICECoder

Imagina o que é teres um editor de texto com abas como as que encontramos no Chrome, o ICECoder oferece-te essa possibilidade. Um editor de texto que para além de várias funcionalidades tem suporte em linguagens de programação como PHP, C#, C, entre outra “carrada” de linguagens de programação.

Eu pessoalmente gosto bastante de usar o Sublime Text e o Brackets, aliás são os editores que eu uso para editar todos os pormenores em HTML e CSS do site.

Agora cabe a ti decidir qual o editor de texto que se identifica mais contigo.

Deixar uma resposta