Xiaomi Mi MIX – 10 mil unidades vendidas em 10 segundos

0
1545

A Xiaomi já não é só uma empresa muito conhecida na Ásia, mas sim um pouco por todos os cantos do mundo. Contando com elegância, com qualidade dos seus produtos, com abrangência no que toca à oferta ao mercado tecnológico e por usar, nas suas conceções, linhas que são bem conhecidas pelos clientes no mercado dos smartphones, mas não é só, onde esta empresa se destaca é nos preços dos seus produtos. Recentemente a Xiaomi lançou uma “máquina” para o mercado, que foi uma grande jogada, esta “máquina” chama-se Mi MIX. Este novo smartphone da Xiaomi deixou todos os consumidores ansiosos com o seu revolucionário conceito.

Agora um ponto muito interessante, a empresa colocou à vendo no seu site 10 mil unidades do Mi MIX, e estes foram vendidos em pouco mais de 10 segundos.

A Xiaomi lançou no Mi MIX um conceito muito inovador, vindo não só revolucionar o design, mas como agarra o pódio no que toca à inovação. A venda dos 10 mil Mi MIX bateu o recorde de vendas da empresa.

Mal olhamos damos logo “de caras” com um ecrã de 6,4 polegadas, este que ocupa cerca de 91,3% do painel frontal, o que permitiu à Xiaomi conseguir ter um ecrã grande num corpo muito idêntico aos smartphones de 5,5 polegadas, ou seja, eliminaram a grande parte da moldura. Apos retirar o espaço ocupado pelos botões de navegação digitais, temos uma verdadeira área de visão de 16:9. Mas, para conseguir tais resultados, foram necessárias algumas alterações na parte frontal do aparelho. Mas a Xiaomi não se podia ficar só pelo novo ecrã, então para substituir o auricular, a Xiaomi equipou este aparelho com a tecnologia acústica piezoelétrica de cerâmica, esta que converte sinais elétricos em sinais mecânicos, fazendo assim que o som chegue ao utilizador. A Xiaomi abandonou o tradicional sensor de infravermelhos e passou para o novo sensor ultrassónico, tecnologia esta que já encontramos no sensor de impressões digitais do Mi5s

A empresa ira produzir 10 mil unidades mês a mês, ou seja, brevemente iremos encontrar outra rodada dos Mi MIX a serem vendidos. Esta politica de vendas pode ser bom para a empresa, pois assim cria uma grande ansiedade nos ansiosos por terem este aparelho, tendo assim uma grande procura, uma vez que este aparelho será uma raridade, mesmo na China.

Tal como é habitual, os clientes americanos e europeus terão que esperar um pouco mais até este chegar as lojas, ou então, terão que optar pela importação, comprando em lojas que se dedicam a esse fim.

O Mi MIX é diferente em tudo que o mercado está habituado a ver, pois a Xiaomi apostou em cantos arredondados e uma construção em cerâmico no painel traseiro, nos botões e em todo o friso lateral, oferecendo assim uma dureza de 8 MoHs, uma escala que vai de 0 a 10. Um outro ponto bastante interessante, foi que a Xiaomi durante a sua construção não utilizou colas nem adesivos.

No hardware é muito idêntico ao Mi Note 2, com um Qualcomm Snapdragon 821, com 4GB ou 6GB de RAM e 128GB ou 256 de armazenamento interno, equipado com GPS de alta precisão e uma bateria de 4400mAh com Quick Charge 3.0. Agora a câmara principal, um ponto muito importante, conta com um sensor de 16MP com PDAF. Juntamente com o Mi MIX virá uma capa de pela.

A versão com 4GB de RAM e 128GB de armazenamento custa 517.63 dólares, já a versão topo de gama, por assim dizer, com os 6GB de RAM e os 256GB de armazenamento interno custa 591 dólares.

Lê ainda...

Xiaomi Mi MIX, o smartphone que promete!

A Xiaomi não para de trabalhar e, agora apresenta-nos o Mi MIX e que por sinal já faz furor pela internet. Digamos que o grande detalhe deste aparelho é o ecrã ocupar quase toda...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreve o teu comentário!
Insere aqui o teu nome por favor