Todos conhecemos o histórico de problemas do Galaxy Note 7, sendo um concorrente aos flagships mais vendidos, mas isso acabou por não acontecer visto os constates e graves problemas que o aparelho da sul-coreana apresentava.

A empresa procedeu ao recall de todos os aparelhos para corrigir os problemas, mas parece que os mais graves não foram corrigidos.

Tudo aconteceu durante um voo da Southwest Airlines. Um Galaxy Note 7, este já trocado pelo processo de recall, explodiu e incendiou-se dentro do avião. Todos os passageiros e tripulantes foram de imediato evacuados pela porta que se encontra junta à cabine, pelo menos não foi registado nenhum ferido.

Em declarações o dono, Brian Green, revelou ter trocado o seu aparelho no passado dia 21 de setembro na loja da A&T. O dono deste Note 7 enviou ainda uma fotografia da caixa, onde é possível ver o símbolo quadrado preto, indicando assim que o aparelho tinha sido substituído e, que aparentemente não possuía problemas.

Um ponto muito curioso, revelado pelo dono, é que o aparelho estava desligado tal como a tripulação teria pedido. Do nada, começou a sentir cheiro a fumo, retirou-o do bolso e deixou-o cair no chão enquanto observava um liquido sendo libertado juntamente com o fumo. O aparelho queimou mesmo o tapete e até mesmo a parte sub-base do avião.

Revelou ainda, que quando o desligou e colocou no bolso, o aparelho tinha 80% de bateria. Sendo que o carregamento deste aparelho teria sido realizado com o carregador sem fios, este que vem junto com o aparelho.

Fica mais um caso para a Samsung investir e tentar dar uma resposta que clarifique todas estas situações. Estes problemas vieram retirar toda a confiança que os consumidores tinha nestes aparelhos “novos”, os aparelhos que supostamente não teriam problemas, uma vez que simplesmente este pode explodir do nada podendo acontecer na não de um adulto, ou mesmo na mão de uma criança, uma vez que usam bastante este tipo de aparelhos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreve o teu comentário!
Insere aqui o teu nome por favor